CONCURSO MP CE: DICAS PARA ADMINISTRAÇÃO

 

Fala concurseiro, tudo bem?

O Edital do concurso do Ministério Público do Estado do Ceará saiu, e você agora não pode perder nenhum momento de estudo!

Quer se dar bem na prova de Administração? Se sua resposta for sim, então cola aqui nas minhas dicas, que tenho certeza que você vai se dar bem!!

A dica de hoje é de um assunto que tem um ótimo potencial de prova, e fala sobre tomada de decisão – que no edital está discriminado assim:

6 O processo racional de solução de problemas.

6.1 Fatores que afetam a decisão.

6.2 Tipos de decisões.

Desse assunto, segura essa dica aí!!!

Dentro da empresa a principal função do gestor é tomar decisões, que buscam um melhor desempenho para a produção e também para resolver problemas de todos os tipos. Uma boa tomada de decisão é essencial para uma boa administração. Porque isso irá determinar como a organização resolve todas as questões e realiza seus objetivos.

A tomada de decisão identifica os problemas e oportunidades e depois busca uma solução para ambos em um processo. O processo de decisão é o que dá base para o planejamento estratégico. Essas decisões podem ser programadas ou não programadas.

A decisão programada é aquela que é feita com frequência em resposta a uma situação. Já a decisão não programada é aquela tomada em resposta a uma situação que seja singular e que não é bem definida.

As características que diferenciam a decisão programada da não programada são os graus de certeza, incerteza, risco e ambiguidade. Cada situação de decisão é organizada em uma escala de acordo com a disponibilidade de informações e a possibilidade de fracasso.

O grau de certeza indica que todas as informações estão totalmente disponíveis. É como se a empresa tivesse certeza, através das informações disponíveis, que um de seus investimentos irá ter retorno.

O grau de incerteza traz informações incompletas, mesmo conhecendo as metas, a empresa não tem informações suficientes para serem precisos e para estimarem seus riscos. Isso determina uma abordagem criativa para as alternativas e uso de julgamento pessoal. É o que acontece quando uma nova propaganda é lançada, porque não se tem o conhecimento do feedback do público alvo.

O risco envolve a possível mudança ou incerteza no resultado das alternativas adquiridas para alcançar a meta final. O nível de risco está relacionado também com o grau de incerteza, e nesse caso o exemplo anterior também pode ser utilizado, já que a publicação da propaganda pode trazer riscos à empresa.

A ambiguidade é a forma de decisão mais difícil que pode ser tomada pela empresa, o que significa falta de clareza e dificuldade na definição das alternativas e também a não disponibilidade de resultados para atingir a meta final. Esse tipo de problema acontece com produtos que sofrem mudanças constantes, como no caso de pneus de carro, o que torna difícil obter resultados constantes e clareza nas alternativas.

Apesar de todas essas escalas de possibilidades de decisões, os gerentes geralmente encontram incertezas e riscos no seu dia a dia, e são obrigados a desenvolver soluções que possam atingir os objetivos da sua empresa.

 

Decisões programadas e decisões não programadas

As decisões podem ser classificadas, em primeiro lugar, em dois tipos, de acordo com o grau de familiaridade da organização com as situações: programadas e não programadas.

 

Decisões programadas

As decisões programadas aplicam-se a problemas que são familiares ou repetitivos. São decisões que resolvem os problemas recorrentes, que acontecem todos os dias e exigem as mesmas decisões e soluções a cada ocorrência.

Não é necessário nem possível desenvolver processos decisórios específicos para cada ocorrência de um problema repetitivo como esse. Uma vez que a organização aprenda a lidar com ele, a experiência permite desenvolver uma solução padronizada, que é a decisão programada. As decisões programadas são chamadas procedimentos, rotinas, políticas e planos.

Decisões não programadas

Outros problemas, ao contrário dos problemas repetitivos e rotineiros, não podem ser resolvidos por meio de decisões programadas. São os problemas com os quais a organização não tem qualquer familiaridade ou experiência, ou que se apresentam de forma diferente a cada ocorrência.

Problemas assim são invulgares e precisam de soluções ou decisões sob medida, decisões não programadas, desenvolvidas uma a uma. Essas decisões dependem, em grande parte, de habilidades e de processos sistemáticos de análise e resolução de problemas.

Espero que tenha contribuído com seu processo de aprendizado e incrementado ainda mais seus estudos! Não esqueça de me seguir no instagram: @admegberto

 

Um forte abraço e até a próxima!

 

Quer ter aulas com as melhores dicas e os melhores professores? A sua chance chegou. Iremos lhe ajudar a alcançar esse Objetivo!

 

CURSO ONLINE GRATUITO - MPCE

CLIQUE AQUI!

 

CURSO ONLINE COMPLETO - MPCE

CLIQUE AQUI!

______________________________________________________________________________________________________________________

CURSO DE RESOLUÇÃO DE QUESTÕES- MPCE

CLIQUE AQUI!

Compartilhar:

Tags: Blog, Notícias

Luis Cesar Felipe